segunda-feira, 28 de julho de 2008

Férias na Califórnia- Diário de Bordo


(Max, Chris, eu, Linda, George e Cleare)

Bem, após tanto tempo, está na hora de atualizar o blog, não é?
A correria foi grande, pois estive super ocupada com os preparativos da viagem para os EUA e, quando cheguei aqui, a correria continuou: aula de inglês, passeios, etc.
Para começar, é bom dizer que cheguei em San Diego dia 18, depois de algum transtorno. É que quando estava para fazer, em SP, o embarque internacional, dei-me conta que chegaria em Atlanta à tardinha, mas minha conexão era só para a noite do dia seguinte. Liga para a agência, espera, confusão, check in fechando, achei melhor embarcar. Melhor dormir em Atlanta que em SP. Viajei preocupada. Em Atlanta, conseguiram me encaixar no vôo igual ao que eu tinha, mas para o mesmo dia. Liga para a agência e avisa. Já tinham reservado hotel para mim em Atlanta (bom, eles que cancelassem, afinal o erro não foi meu). Liga para a homestay (casa de família) para avisar que eu ia chegar um dia antes. Por sorte, a dona da casa foi super legal e disse que não teria problema. Depois falo mais sobre a Linda (é o nome dela). Pedi informação no aeroporto de San Diego e me disseram que valia mais a pena pegar um shuttle (van que faz transporte de passageiros). Pois não é que o motorista não sabia o caminho, tive que ligar para a Linda explicar para ele, e me cobrou $7 a mais do que o combinado porque se localizava no bairro seguinte e não no que ele tinha pensado.
Pelo menos a homestay é melhor do que eu esperava. A casa da Linda é toda bonitinha, meu quarto é enorme, com tv, acesso à internet e closet. A Linda é jovem e muito simpática e seus "pets" são uns fofos: a Missy - uma cadela peluda e cinza que não sei que raça é; e o Louis (lui), um gato metido, que adora andar por cima das minhas coisas quando deixo a porta aberta e xeretar tudo. Outro dia pulou para dentro da minha gaveta.
O final de semana também foi ótimo, pois a Linda me apresentou os amigos dela e eu falei muito inglês, a ponto de ficar com a cabeça doendo. Ela tem um casal de amigos de Londres que estão passando as férias em San Diego com os filhos. O sotaque deles é tão chique! (e tão mais difícil de entender). No domingo de manhã, fomos todos tomar um café tipicamente americando, com direito a panquecas, ovos, salsicha, bacon, etc. Depois não consegui almoçar, mas gostei muito. É diferente do que estamos acostumados.
Bom, aos poucos vou contando os acontecimentos daqui.

2 comentários:

Gustavo Barreto disse...

ahhh, como eu queria estar aí com vc :(

Paula Gründling disse...

Que legal que vc está aí, Angela. Aproveita bastante! Beijo grande! Obs: largaste o curso?