terça-feira, 20 de julho de 2010

E a gente ainda se queixa da vida...

Fiquei comovida com a reportagem do Jornal do Almoço de hoje mostrando a situação das pessoas pobres que moram nas Ilhas de Porto Alegre, com o frio e a chuva. O que mais dói é ver as crianças, aparece um menininho peladinho em uma das casas, com um frio desses, é de cortar o coração. Quem puder ajudar com roupas, cobertores, mantimentos, etc, deve entrar em contato com a Associação de Moradores da Ilha da Pintada. Postei o vídeo aqui, para quem quiser assistir, começa a partir de de 2,47 minutos, pois no site do JA estão as reportagens divididas por blocos. Em um momento tem uma interrupção, mas logo em seguida ela continua. Assistam e ajudem! A reportagem é da Cristina Ranzolin.

7 comentários:

Clarice disse...

Parabéns pela iniciativa! Tanta roupa guardada sem uso. É hora de abrir espaços e agasalhar alguém.
Beijos.

karla siqueira disse...

Concordo com a Clarice, parabéns pela iniciativa. Realmente é muito triste, e estes momentos nos fazem refletir sobre tudo o que temos, e o quanto falta para tantos pertinho de nós. bjs
karla

Ivan Bueno disse...

Angela,
É triste ver tanta miséria e tanto descaso por parte do "poder" público. A desigualdade em nosso país é tremenda e às vezes, como cidadão, me sinto quase que totalmente impotente diante de tudo que vejo.
Acho que nós devemos, SIM, nos mobilizar em prol destas famílias, mas saliento a responsabilidade do "poder" público, seja das prefeituras, governos estaduais ou governo federal, diante de tudo isto.
Nós elegemos muita gente que não é capaz de colocar o pé na lama pra ver estas desigualdades, a não ser quando em campanha para conseguir votos. Uma vez eleito, volta-se a si mesmo.
São mais responsáveis, pois os grandes montantes capazes de criar condições de moradia estão nas mãos do poder público, que também devemos pressionar.
Sinto uma certa "apatia" na sociedade, uma certa descrença, e confesso que sinto em mim mesmo. Eleger, sim, mas quem? Políticas populistas e paternalistas não resolvem, e têm sido assim há anos e anos.
São tantos direitos humanos desrespeitados, que a revolta e a tristeza são inevitáveis.
Parabéns pela sua iniciativa, mas nossos impostos (absurdamente caros) precisam ir para bolsos, cuecas e meias certas.
Beijo grande,

Ivan Bueno
blog: Empirismo Vernacular
www.eng-ivanbueno.blogspot.com

Angela Dal Pos - Morena de Pintas disse...

Clarice e Karla, espero que mais pessoas apreciem a iniciativa e arregacem as mangas. Ivan, concordo que o Ente Público é muito responsável por isso, mas acho que se a gente ajudar um pouquinho podemos amenizar o sofrimento dessa gente. abs

Lu disse...

Oi,
Tem um selinho para você no meu blog!
http://dropsdelu.blogspot.com/2010/08/ganhei-um-selinho-o.html
Bjoks!

Liz Marinho disse...

Parabéns pela iniciativa! Vou fazer o que estiver ao meu alcançe para poder ajudar. Beijos flor.

Angela Dal Pos - Morena de Pintas disse...

Oi Lu, obrigada pelo selinho, vou passar lá para buscar. Liz toda ajuda para essas pessoas é bem-vinda. abs